Novos Baianos
"Acabou Chorare"

Informações Técnicas (1° Edição)

Artista: Novos Baianos
Título: "Acabou Chorare"
Gravadora: Som Livre
Número Gravadora: SSIG 6004
Fabricado no: Brasil
Ano: 1972
Formato de reprodução sonora: ESTÉREO
Prensagem:
Material e formato da capa: Capa abre em duas partes com livreto interno de 6 páginas / Papel cartão plastificado
Mídia: Disco de vinil LP
Velocidade: 331/3 RPM
Número de faixas: 10 faixas
Observação: Capa Gatefold / Livreto de 6 páginas com fotos, notas, textos, créditos, letras e outros.

Crédito

Convidados especiais: A Cor do Som (Novos Baianos Instrumental).
Arranjos de Base: Moraes e Pepeu.
Músicos: Moraes Moreira, Galvão, Baby Consuelo, Paulinho Boca de Cantor, Pepeu Gomes, Jorginho Gomes, Dadi and Baixinho.
Composições de: Assis Valente, Moraes Moreira, Galvão and Paulinho.

Montagem do Álbum: Joel Cocchiararo
Arte da capa: Antônio Luiz (Lula).
Fotos: Antônio Luiz (Lula).

Lista de faixas

Side A

1. BRASIL PANDEIRO
2. PRETA PRETINHA
3. TININDO TRINCANDO
4. SWING DE CAMPO GRANDE
5. ACABOU CHORARE 

Side B

1. MISTÉRIO DO PLANETA
2. A MENINA DANÇA
3. BESTA É TU
4. UM BILHETE PRA DIDI
5. PRETA PRETINHA (Version #2)

Descrição e Fotos

NOVOS BAIANOS - "ACABOU CHORARE" - com a participação do regional instrumental "A Cor do Som", uma subsidiária dos Novos Baianos grupo & Comunidade.

 

​​

Na verdade, os Novos Baianos foram muito mais do que um grupo musical: eles moravam juntos como uma comunidade hippie, em uma fazenda ("O Cantinho do Vovô") em Boca do Mato, Vargem Pequena, uma região semi rural na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Eles produziram loucos filmes de Super-8 dirigidos por Galvão (o guru da comunidade e esplêndido letrista das canções), também eram um time de futebol ("Novos Baianos Futebol Clube") e muitas outras coisas piradas!

A Música era a Vida e a Vida era a Música!!

Todas as coisas funcionavam com liberdade: foram influenciados diretamente pela Tropicália, mas foram um pouco mais radical em seu estilo musical. Sua música e influências misturam Caetano Veloso, Gilberto Gil, Trio Elétrico, Gal Costa, Jacob do Bandolim, Jimi Hendrix, Waldir Azevedo, Cream, Beatles, João Gilberto, John Lennon, Assis Valente, raízes da música Regional, Dorival Caymmi, gerando uma dialética musical, tendo com síntese criativas e melódicas linhas de contraponto que relembram Jimi Hendrix e Jacob do Bandolim.

A música dos Novos Baianos foi fortemente influenciada pelo uso das drogas psicodélicas (de expansão da mente) como maconha LSD e chá de cogumelo.

​​

Informações Técnicas - Reedição de 1984

Artista: Novos Baianos
Título: "Acabou Chorare"
Gravadora: Som Livre
Número Gravadora: 409.6065
Fabricado no: Brasil
Ano: 1972 (Gravação e lançamento da 1ª edição) / Reedição: 1984
Formato de reprodução sonora: ESTÉREO
Prensagem: 2ª prensagem / Reedição
Material e formato da capa: Capa chapada não abre e não possui o livreto / Papel cartão NÃO plastificado
Mídia: Disco de vinil LP
Velocidade: 331/3 RPM
Número de faixas: 10 faixas
Observação: nessa reedição da Som Livre em 1984, a capa NÃO é gatefold, e NÃO vem com o livreto, resultando em uma pobre e simplificada edição.

Fotos da Reedição de 1984

 

 

Informações Técnicas - Edição Argentina

Artista: Novos Baianos
Título: "Brasil Pandeiro (Acabou Chorare)"
Gravadora: Trova
Número da Gravadora: XT-80044
Fabricação: Argentina
Ano: 1972
Formato de reprodução sonora: ESTÉREO
Prensagem: 1ª prensagem Argentina
Material e formato da capa: Capa chapada com papel cartão NÃO plastificado
Mídia: Disco de vinil LP
Velocidade: 331/3 RPM
Número de faixas: 10 faixas
Observação: Essa é a edição Argentina prensada pela Trova.

Fotos da Edição Argentina

 

 

Brazilcult.com © 2017. Todos os Direitos Reservados.

Brazilcult.com © 2017. Todos os Direitos Reservados. BrazilCult.com